Monday, 30 March 2009

Silenciar

Do coração a explosão da mente
Do ar a centenas de fragmentos e cores
Boca e sombracelhas desenhadas
No meu peito
Lágrimas que queimam, como vela
Pingos de vela, acalmam
Magia única da tua carne que envolve
tamanha pérola chamada teu útero
Nossa imagem, desejo
Nosso filho, o reflexo
Olhar bandido que me arranca a roupa
que me trás de volta
que me cala a boca...


Sunday, 29 March 2009

Alma viva

Existe razão pra que as coisas aconteçam e sabemos que nosso crescimento interior vale muito mais, o espírito carrega isso consigo e o descanso do corpo engrandece a alma fazendo pigmentar uma nova cor no universo trazendo mais alegria as vidas que ainda andam por cima desse planeta, num todo.

Friday, 13 March 2009

Amor de India


Inspiração de toda poesia,
Clique no exato momento ao arrancar uma flor ou pisar em qualquer que seja a forma de vida nesse planeta, purpurina que cai num rosto exposto ao azul, com um sorriso que leva direto ao foco de quando criança escorria outra lágrima desse mesmo riso, pra sempre alegria na tua tribo, amor de índia, pedrinhas ao rio, areia entre os dedos, telhado de palha , toalha branca e agua pura no nascimento de sua cria, suor no teu rosto, bocas e dentes surgiam felizes da noite, sereno, aguardava seu destino a vinda de sua pequena e ja tao amada princesa.

Monday, 2 March 2009

Muro virtual


Boca minha sem céu nem estrela,

Beijo doce do acido puro extraído

Do medo que vira desejo.

Agua morna em teus pés de joelho despejo,

Árvore seca no rigoroso inverno me torno,

Mas vivo fico o suficiente pra testemunhar e

Essa interminável falta do sorriso.

Encheria minh`alma de alegria se não fosse

A petulância do acaso, que faz arder cego e sem rumo.

Por deixar a meia luz de porta escorada já soprando

A vela que fazia brilhar no escuro a lágrima que minha

Tristeza enviara por email para a tela que surge no muro

que nos divide quando fechas os olhos.