Tuesday, 16 November 2010

Maria


Arvore virgem
Sol empurrado pra longe do meu planeta
Lagrima extinta na fonte e nos olhos
Oficina natural de artificios
Asas a imaginacao dos homens
Berco unico de renovacao
Colo forte e gracioso

Ela tem seus amores pra la
Mas todo anjo tem um desejo

Projetil simples
Impermeavel
Articulada
Despojada

Pata que pisa e floresce ao redor
Na ausencia resceca o capim
Vagao de palavras
Completa tua pagina
Licor de jasmim
Crencas, povos e sotaques
Criticas escritas aa destra
Testemunhos elaborados
Fascinio por tua palestra









2 comments:

Adriana Rocha Geografia/História said...

Que lindo poema...cala fundo! Concordo que msm os anjos tem seus desejos, ou ao menos um, aquele que é pra cuidar, que é pra guardar e que é pra proteger!
Parabéns!

Adri@no said...

Adrianinha,
Adoro seus comentarios pq suas analises me fazem ver certos pontos nos sentidos em diferentes angulos dentro do que foi apresentado e enriquece assim livremente o que a imaginacao nao havia ainda alcancado.Parabens vc por perceber em foco esse lado sacro numa frase que parece tao pequena. bjoooo e obrigado