Wednesday, 9 February 2011

A espera

O sorriso não é tudo que me importa no teu rosto

Mas taMBém me faz sofrer quando não vejo...

Tua graça me traz força sem pensar

Mas taMBém a tua força há de aumentar...

Pela cursiva bordada ao teu nome

Paz se faz e a dor, some

Velando a espera

Pro meu corpo não morrer assim pelo teu

De fome.

No comments: