Sunday, 31 January 2010

Relutar

Rir de alguém é anestesiar o coração

Escondendo agressividade no desfarçado riso,

O medo que se prende em jeitos diferentes de ser

Entregam a sensibilidade de bandeja pra mandíbula cerrada

E furiosa da nossa interna selvageria.

No comments: